O sexo e o poder das lingeries e das fantasias sexuais

Sempre que falamos ou pensamos em sexo, prontamente nos vêm à mente as mais variadas fantasias sexuais – neste caso, entenda-se “fantasia” no sentido literal.

Afinal, quem nunca imaginou como seria a sensação de transar com uma enfermeira num traje todo branquinho, uma bela mulher vestida num macacão de couro ou ainda (no caso das mulheres…) um belo homem num uniforme de bombeiro?

Fantasias desse tipo povoam a todo instante o imaginário de pessoas comuns, que se sentem atraídas por um objeto ou por uma parte do corpo do(a) companheiro(a). Essa atração é o que chamamos de fetiche, palavra de origem francesa que significa “objeto animado ou não ao qual se atribui poder sobrenatural ou mágico e ao qual se presta culto”.

Por muito tempo, o fetichismo – situação na qual objetos e peças relativas à figura feminina, como sapatos e espartilhos, são mais valorizados do que o ato sexual em si, chegando a ser cultuados – foi tratado como uma espécie de patologia sexual e mantido no submundo até a década de 60, quando as pessoas, embaladas pela liberação sexual, começaram a reavaliar seus comportamentos íntimos.

Espartilhos e lingeries, cintas-liga com meias 7/8, scarpins de salto agulha, botas de couro e roupas de vinil, além de uniformes e fardas militares, estão entre os campeões de uso dos adeptos da prática fetichista. Tais apetrechos funcionam como “gatilhos” da arte da sedução para os fetichistas de diferentes gostos.

Lingeries

A visão de uma mulher com um belo par de pernas longas, vestindo uma meia 7/8 negra ou uma lingerie vermelha rendada, a qual vai tirando lentamente, é uma experiência única e excitante na opinião de muitos homens. E realmente o é. Formada por camisolas, baby dolls, calcinhas, sutiãs, cintas-liga, espartilhos e algumas outras peças de menor importância, a lingerie desperta todo tipo de fantasia (e, muitas vezes, dependendo da lingerie, não é preciso ser fetichista para ser alvo desse “feitiço”).

Desde a década de 60, peças como espartilhos, meias de seda e as 7/8, foram abolidas do guarda-roupa de muitas mulheres, porém algumas ainda fazem uso – não por imposição social ou falta de opções, mas por questão de estilo ou fetiche, uma vez que tais peças tornaram-se símbolo de dominação e erotismo.

Rosa-flor, branco-virginal, vermelho-fome ou preto-noite; sedas, rendas, laços, bordados – cores e matérias-primas capazes de transformar uma peça de roupa em objeto de desejo e sedução. E levar à loucura um simples mortal!

Fantasias sexuais

Empregada doméstica, enfermeira, colegial, coelhinha, freira… atire a primeira pedra quem nunca fantasiou intimidades com algumas dessas personagens… Nenhum estudo sério conseguiu levantar com precisão quais são os trajes mais usados por casais dispostos a sair da rotina; porém, as vendas realizadas em sex shops dão uma pista: fantasias de colegial e enfermeiras (para mulheres) e temas militares e médicos (para os homens) estão entre as peças campeãs.

A explicação para as mulheres se sentirem atraídas por fardas de policiais e bombeiros está diretamente ligada ao apelo da opressão, do comando, do poder, a fantasia da submissão. Já para os homens, a fantasia de enfermeira está relacionada ao símbolo da mulher que cuida, que protege e dá carinho.

Por outro lado, uma mulher vestida com uniforme de colegial significa a pureza, o despertar para a vida sexual. Seja qual for a fantasia escolhida, nunca é demais saber que é perfeitamente normal usar esses recursos no sexo, tanto que esse tipo de preferência deve ser encarado como um “aperitivo” para uma relação – portanto, como aperitivo, cada um escolhe o que mais lhe cai bem.

Fantasia de bombeira Fantasia bombeira shorts
Preço: R$ 52,50
// ou 5x sem juros de R$ 10,50
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia cachorrinha Fantasia cachorrinha
Preço: R$ 41,50
// ou 4x sem juros de R$ 10,38
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia coelhinha
Fantasia coelha marabú
Preço: R$ 45,00
// ou 4x sem juros de R$ 11,25
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia coelhinha Fantasia coelhinha
Preço: R$ 40,00
// ou 4x sem juros de R$ 10,00
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia comandante Fantasia comandante
Preço: R$ 49,00
// ou 4x sem juros de R$ 12,25
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia copeira Fantasia copeira Preço: R$ 56,50
// ou 5x sem juros de R$ 11,30
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia country  Fantasia country short
Preço: R$ 53,00
// ou 5x sem juros de R$ 10,60
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia enfermeira Fantasia doutora
Preço: R$ 53,00
// ou 5x sem juros de R$ 10,60
<!– Clique para ver detalhes –>
Fantasia emergência
Fantasia emergência
Preço: R$ 25,50
// ou 2x sem juros de R$ 12,75

Clique aqui e veja outras fantasias sensuais e eróticas

Anúncios

Dicas para uma noite de sedução

O dia dos namorados já passou, mas o amor, o namoro ou o casamento tem que continuar. E para não cair na rotina e manter a relação quente, sempre temos que ter dias ou noites especiais, concordam?

Para preparar um dia especial para seu amor, a personal sex trainer Fátima Moura ensina técnicas práticas, desde a escolha da lingerie ideal, preparação do ambiente, às fantasias sexuais. Aprenda passo a passo, ingredientes importantes para agradar e seduzir seu amor.

Aparência – É muito importante estar sempre produzida, escolher uma roupa confortável que combine com seu estilo, usar uma maquiagem leve e manter uma postura. A roupa e os acessórios são essenciais, valorize as partes mais bonitas do corpo.

Diálogo – A mulher precisa se sentir sexy, gostar de si mesma. E além disso, aceitar o homem que escolheu como ele é, porque o ama. Não deixar o namoro ou o casamento cair na rotina, tirar um final de semana para namorar. Se preocupe também com o dia dele, pergunte como foi e o que ele fez.

Evite brigas – A cumplicidade e amizade entre o casal é fundamental. Converse com seu parceiro, não é preciso discutir a relação se vocês conversarem cada vez que algo estiver errado. Respeite acima de tudo o limite do outro.

Erotismo – Usado para descobrir o parceiro e mudar as situações comuns do cotidiano. É usado como um tempero para melhorar a relação e elevar a auto-estima. Para um relacionamento dar certo, é preciso que o casal se respeite e diga o que gosta e o que não gosta de fazer.

Escolha da lingerie – Valorize seu corpo e seu tom de pele, sinta-se sedutora. As cores que imperam são o branco e o preto, mas também pode-se optar por tons vermelhos, amarelos, rosas e azuis. É importante cobrir o que te incomoda e valorizar seus pontos fortes. Evite a cor bege, pois não é atraente. Abuse nos acessórios e sapatos.

Preparação do ambiente – Utilize pétalas de rosas artificiais, velas aromatizadas (laranja e vermelha), taças de cristal vermelho, champagne com morangos (estilo filme “Uma linda mulher”) e músicas sensuais (inspire-se no álbum “Erótica”, da Madonna). Desperte os cinco sentidos para aumentar o prazer. Use uma maquiagem leve.

A arte do Kama Sutra – O Kama Sutra não é apenas um conjunto de posições eróticas, ele é uma filosofia de vida. A arte não visava só o homem, são diversas posições que buscam o prazer de ambos os parceiros. A valorização do corpo e a importância das carícias são alguns pontos altos desta técnica milenar. O casal precisa praticar junto, ter condicionamento físico, fazer alongamento antes de tentar as posições e tomar cuidado. É preciso ter intimidade.

Streaptease quente!

Streaptease quente!

Fantasias sexuais – Imaginar, criar ou realizar juntos faz bem, desde que não prejudique nenhum dos dois. A curiosidade é importante para o relacionamento, permite que o casal se conheça melhor. A dança erótica é uma maneira sedutora de provocar o homem. Os toques e o jogo de fantasias são interessantes.

Streaptease – Para fazer uma streaptease, é preciso ter uma postura e se sentir confortável com seu corpo. A linguagem corporal é muito importante. O chacra da sensualidade está localizado na região do quadril. Uma música pode ajudar, pois a dança é a conscientização do corpo. Precisa passar sensualidade através do olhar. Seja muito sutil, delicada. Você precisa falar através dos movimentos e estar bem vestida. Use roupas sensuais, com uma lingerie por baixo, meias 7/8 e sapatos de salto alto.

Cosméticos eróticos – Use cosméticos clinicamente testados e à base de água. Recomendo o uso de chantilly e leite condensado. Eles podem ser usados para iniciar as brincadeiras, assim como o óleo de massagem, lubrificante para as mãos e excitantes para aplicar no corpo

Ter uma noite romântica não significa torrar as economias da família com restaurantes e hotéis caríssimos. Por que não fazer um jantarzinho em casa? Capriche na decoração. Que tal um café-da-manhã na cama ou um piquenique na sala de casa, regado a vinho e um filme romântico? Entre quatro paredes há muitas opções baratas, como um jogo de dois dadinhos. Use a imaginação: transforme um simples jogo de cartas em uma sessão de strip poker. Também não custa nada ouvir um CD romântico e dançar agarradinhos. (Trecho retirado do livro “Sexo para mulheres casadas”, Fátima Moura, Ed. Original)

Fátima Moura, personal sex trainer e escritora, que trabalha há 14 anos na área de consultoria de relacionamentos, realiza estudos sobre sensualidade feminina e masculina, visando a melhoria da qualidade de vida dos casais. Autora dos livros “Sexo para mulheres casadas”, da Editora Original e “Sexo, amor e sedução”, da Editora Harbra, a profissional de 46 anos, já foi professora de passarela, dança de salão e bailarina.