Lingerie e sensualidade contra a crise

Quem não sabe que em tempos de crise o mais indicado é economizar? Estou certa?

Não. Nem nos momentos difíceis, a mulher renuncia ao cabeleireiro, à manicure e à… lingerie! Isso mesmo: enquanto vários setores da economia enfrentam queda nas vendas, o mercado de moda íntima cresce em momentos como este.

Na verdade é exatamente a dificuldade de uma crise econômica que faz a mulher comprar ainda mais lingeries. Um estudo elaborado pela francesa Nathalie Gennerat comprovou isso: desde 2007, as mulheres européias têm preferido a compra de lingerie em detrimento de outras peças do vestuário. E esse cenário se acelerou a partir do segundo semestre do ano passado, quando a crise financeira mundial estourou.

A explicação para isso é que a lingerie funciona como um catalisador de momentos especiais entre os casais. Ou seja, usar lingeries em momentos íntimos é quase uma terapia, pois ajuda a amenizar os momentos de tensão.

Alguém duvida?

Para não pensar em problemas...

Para não pensar em problemas...

Anúncios